Danielli, mãe do Pedro. Peito é amor e ninguém pode negar amor.

Logo quando meu filho Pedro nasceu eu me sentia um pouco estranha e achava que não amamentava ele direito porém fui vendo matérias aonde falava que o leite e puro amor, então me sentia motivada pra da ainda mas o peito e em qualquer lugar um dia minha irmã falou assim, dentro do ônibus põe o peito pra fora que seu filho que mama, olhei para o lado só homem, olhei meu filho e sem a menor vergonha, dei o peito pra ele ali mesmo, Fabiana meu bebê nasceu dia 07/06/2011 e só parou de mamar este ano no dia 20/03/2015,não porque secou o leite não mas pq infelizmente tenho uma vida agitada, e a minha alimentação não estava boa então,começou a perde peso e a cair meu cabelo mas mesmo assim continuava a da o peito a escondida da minha família e amigos, que falava que eu ia ficar com uma doença grave e não ia pode cuida dele aí ,não teve jeito parei mas foi os melhores dias da minha vida,por isso digo e repito amamentar e puro amor. Digo isso a todas as mães que encontro e incentivo, pena que nem todas querem.

Fabiana lembro de um fato muito hilário eu o amamentava no ônibus e ele estava com os dente nascendo e ele fechou a boca com o bico,do peito na boca e adormeceu,não acordava de jeito nenhum quase vinte minutos,chegando já no ponto pra mim descer e nada,de depende ele abriu a boca só me ajeitei e desci quando cheguei em casa o peito sangrando ele conseguiu corta o bico do peito, e todos diziam: “tira agora ante que ele faça pior”,aí em dava só um peito até o outro melhorar pq ardia muito,e eu não podia negar o peito porque é amor e ninguém pode negar amor.

bjoss e se quiser pode contar aí no seu blog mil bjoss e continuar aí com a campanha pq eu continuo a incentivar as mulheres a fazer o ato de amor e dar o peito.

Agosto de 2015.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *